Visitar Roma


 
SAN PIETRO IN VINCOLI (1 km do Hotel)
A Basílica de San Pietro in Vincoli é uma das mais antigas de Roma. A sua primeira edificação remonta à época imperial, mas o seu aspecto atual é aquele da igreja do século XV. Em seu interior encontra-se o Mausoléu do Papa Giulio II, obra de Michelangelo, dominado pela figura assentada de Moisés, é considerada umas das grandes obras-primas do Renascimento Italiano.


 
COLOSSEO (1,4 km do Hotel)
O Coliseu, conhecido a seu tempo como Anfiteatro Flavio, é o mais famoso anfiteatro romano. Capaz de conter até 50.000 espectadores, era usado para os espetáculos com gladiadores e outras manifestações públicas. Ainda hoje é símbolo da potência e grandiosidade do Império Romano. Surge sobre um lago da antiga residência do imperador Nero e o nome Coliseu pode derivar da estátua do imperador que se encontrava próximo ao local e era conhecida como “Il Colosso” devido à sua grandiosidade.


 
FORI IMPERIALI (1,6 km do Hotel)
Quem deseja mergulhar no passado não pode deixar de visitar o Fórum Imperial. Parcialmente visível da rua que parte da Praça Veneza e conduz ao Coliseu e que tem o mesmo nome, Via dei Fori Imperiali, aqui é possível reviver o passado em um atmosfera mágica e rica de fascínio. O Fórum Imperial constitui-se de uma série de praças e monumentos edificados ao longo de 150 anos no coração do que foi a Roma dos Imperadores, são testemunhos da vida cotidiana e também marcos representativos do poder da Roma Imperial, de suas vitórias e conquistas.


 
VITTORIANO (1,4 km do Hotel)
O monumento foi erguido para celebrar a unificação da Itália em 1861 e é intitulado a Vitorio Emanuele II, o primeiro rei da Itália unida, por isso seu nome “Vittoriano”. Impressiona a todos pelo seu estilo neoclássico, pela imponência das suas dimensões e pela solenidade dada ao monumento com a presença da “guarda de honra”. Em seu interior, sob a estátua da deusa Roma, encontra-se o túmulo do “Milite Ignoto”, um soldado morto durante a segunda guerra mundial, em honra a todos os soldados italianos mortos e dos quais não se conhece o local de sepultamento.


 
FONTANA DI TREVI (1,3 km do Hotel)
A Fontana de Trevi é a maior e uma das mais famosas fontes de Roma, foi construída em estilo barroco em 1732, completando um projeto de Bernini de 100 anos antes. Uma tradição popular diz que dá sorte lançar de costas uma moeda na fonte, porque desta forma com certeza será possível voltar a Roma. Além da magnífica estátua central, dos dois lados dela, encontram-se outras duas estátuas, uma representando a salubridade e a outra a prosperidade, dois elementos que evocam os benefícios da água em nossas vidas.


 
PIAZZA DI SPAGNA (1,3 km do Hotel)
Percorrendo Via dei Condotti, no final dela, chega-se a uma das praças mais famosas de Roma: Praça de Espanha, com a magnífica escadaria de Trinità dei Monti. A monumental escadaria de 135 degraus foi inaugurada pelo Papa Bento XIII em ocasião do Jubileu de 1725. A escadaria foi construída para ligar a embaixada da Espanha (à qual deve-se o nome da praça) à igreja de Trinità dei Monti. No centro da praça encontra-se a Fontana della Barcaccia, obra de Bernini, que representa um barco que está afundando.


 
BASILICA DI SAN PIETRO (3,5 km do Hotel)
A Basílica de São Pedro, coração da Cidade do Vaticano, é dominada pela sua imensa cúpula, símbolo do catolicismo. O projeto da cúpula é fruto da imensa genialidade de Michelangelo, projeto ao qual ele se dedicou no final de sua vida, sem ter tido a possibilidade de vê-lo concluído. A cúpula foi terminada pelo seu discípulo Giacomo Della Porta.


 
MUSEI VATICANI (3,5 km do Hotel)
Os Museus do Vaticano conservam em seu acervo uma das maiores e mais importantes coleções de arte do mundo, fruto de séculos de colecionismo realizado por diversos papas. Os Museus do Vaticano encontram-se dentro da Cidade do Vaticano e em suas salas é possível apreciar obras de Giotto, Michelangelo, Raffaello e Canova, entre outros. Além de tudo, somente passando pelos Museus do Vaticano pode-se chegar à Cappella Sistina, a obra-prima de Michelangelo que, ainda hoje, abriga o conclave, ou seja, a reunião do clero para a eleição de um novo papa.


 
PIAZZA NAVONA (2,3 km do Hotel)
Uma das mais célebres praças de Roma. A sua forma atual, estreita, longa e arredondada nas extremidades, relembra sua forma original, quando na Roma Antiga, este espaço era ocupado pelo Estádio de Domiziano. A Piazza Navona é também famosa porque aqui se encontra a prestigiosa sede da Embaixada do Brasil na Itália. Três fontes de água adornam a praça, aquela central, a Fontana dei Fiumi, é obra de Bernini e as duas laterais, a Fontana del Nettuno ou Fontana dei Calderoni e a Fontana del Moro, foram projetadas por Giacomo Della Porta.


 
PANTHEON (1,9 km do Hotel)
O Pantheon é o templo dedicado a todas as divindades. A sua forma circular, insólita para um templo romano, deve-se ao desejo do imperador Adriano, grande intelectual, que decidiu reconstruir um templo já existente, do tempo de Agrippa. A sua cúpula, ainda hoje, é a maior cúpula construída em alvenaria em todo o mundo. Ao longo dos séculos foi transformado em uma igreja. A iluminar as preciosidades de seu interior, uma única abertura: um "olho", com um anel de bronze, pelo qual penetra a luz solar e a água da chuva, que é recolhida por uma grande e decorada grelha, no centro do pavimento do Pantheon. Nas capelas, em seu interior, encontram-se ainda hoje as sepulturas da família Savoia, reis da Itália e o túmulo de Raffaello.


 
VIA VENETO (900 mt. do Hotel)
Desenhada no final século XIX, deve a sua fama principalmente ao fato de ter sido um ponto de encontro de grande glamour nos anos cinquenta e sessenta, graças à presença de inúmeros cafés e hotéis frequentados pelas celebridades e divas daqueles anos. A sua fama se consagrou definitivamente com o filme de Federico Fellini - La Dolce Vita. É a rua que conduz de Piazza Barberini a Porta Pinciana, uma das entradas do parque de Villa Borghese.


 
VIA DEL CORSO (2 km do Hotel)
A Via del Corso é o centro comercial e político de Roma. Ao longo de seu percurso retilíneo, que liga Piazza Venezia a Piazza del Popolo, encontram-se igrejas, antigos edifícios nobres e monumentos, como Piazza Colonna, dedicada à Colonna di Marco Aurelio, Palazzo Chigi, construído no século XVI e hoje sede do Conselho dos Ministros italiano, e a Galleria Alberto Sordi, intitulada ao grande ator romano.


 
CIRCO MASSIMO (2,8 km do Hotel)
O Circo Máximo hoje é um vasto gramado que conserva claramente a sua forma original, aquela de um antigo circo romano dedicado a competições e espetáculos. No seu interior aconteciam corridas de carroças, de cavalos e também batalhas navais. Exatamente por causa de sua função, deve-se a grandiosidade da estrutura original, que continha em suas laterais as arquibancadas do Circo Máximo, construídas em tijolos. Hoje podemos observar poucos restos dessas arquibancadas e outras áreas de serviço do antigo circo.


 
CASTEL SAN'T ANGELO (3 km do Hotel)
Surge sobre as ruínas do Mausoléu do Imperador Adriano, que abrigou seus restos mortais e de outros imperadores romanos. Nos séculos sucessivos, o edifício perdeu sua função original de sepulcro e passou a ser uma torre de defesa. Sob o legado papal, foi sucessivamente um arquivo, um cárcere e um edifício de defesa, no qual diversos papas se refugiaram em momentos de perigo. Seu nome se deve a uma série de estátuas representando anjos colocadas sobre a ponte. Uma passagem fortificada liga Castel Sant'Angelo à Cidade do Vaticano.


 
MUSEI CAPITOLINI (1,7 km do Hotel)
Os Museus Capitolinos foram abertos ao público em 1734. O complexo é considerado o museu público mais antigo do mundo. Situados sobre o Campidoglio, debruçam-se sobre a esplêndida Piazza del Campidoglio, desenhada por Michelangelo. Entre as inumeráveis obras presentes em suas salas, os visitantes podem encontrar a preciosa escultura em bronze da Lupa Capitolina (a loba, símbolo da cidade de Roma) que amamenta Rômulo e Remo.


 
VIA DEI CONDOTTI (1,6 km do Hotel)
A Via dei Condotti, que deve o seu nome aos condutos hídricos subterrâneos realizados no século XVI, é uma das ruas que, partindo da Via del Corso, leva a Piazza di Spagna. Hoje seu nome é símbolo das marcas mais famosas e luxuosas. Grandes marcas de roupas, de bolsas e de joias têm uma boutique nesta rua.


 
BASILICA DI SANTA MARIA DEGLI ANGELI (250 mt. do Hotel)
Dedicada aos anjos e aos mártires, a basílica foi construída sobre as ruínas do complexo arquitetônico das Termas de Diocleziano. No início dos trabalhos de restauração e construção da igreja, Michelangelo, já idoso com 86 anos, decidiu preservar as estruturas de época romana, visíveis na fachada da atual igreja. Mas o projeto original de Michelangelo foi modificado e deformado ao longo dos séculos, com a intervenção de diferentes arquitetos e artistas, até chegar à igreja que vemos hoje.